COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA

Insegurança abre caminho para blindagem de carros em Minas

Por: Bruno Freitas, Estado de Minas | Fonte: estadodeminas.vrum -> www.estadodeminas.vrum.com.br

Reforço da carroceria, vidros e rodas reduz riscos diante de onda de assaltos. Duas novas blindadoras foram inauguradas na capital desde setembro

Assaltos no trânsito como o que baleou um empresário a bordo de um Volvo XC60 na Av. Nossa Senhora do Carmo, em maio do ano passado, e constantes arrastões na mesma via da região centro-sul da capital, tem levado os motoristas a tomar medidas para se prevenir contra a crescente onda de violência em Belo Horizonte. Uma das alternativas para quem não abre mão da tranquilidade ao volante e se dispõe a pagar por isso é a blindagem de carros, segmento que soma mais de 160 mil unidades no Brasil e ganha perspectiva de crescimento no mercado mineiro. Somente nos últimos três meses, duas novas empresas especializadas em proteção veicular abriram as portas na região metropolitana: a Safe, inaugurada em 22 de setembro, e a Endure, que abriu as portas ontem, ambas instaladas no Jardim Canadá, em Nova Lima. Até então a capital contava apenas com outras duas opções.

blindadoras

Mercado que concentra a maioria das cerca de 200 blindadoras do Brasil, São Paulo detém 70% da frota circulante, seguido do Rio de Janeiro (com 13%), e Minas Gerais (com quase 5% do total de veículos). Mais de 11 mil carros foram blindados no país em 2014, de acordo com a Associação Brasileira de Blindagens (Abrablin) – crescimento de mais de 15% em relação ao ano anterior. Entre o perfil de clientes que optam pela proteção extra, estão empresários, executivos, políticos, artistas e juízes.

Apesar da crescente demanda, o mineiro ainda se mostra conservador quanto à blindagem. Um dos principais receios, além do valor, é o desmonte do veículo, geralmente modelos recém-lançados que acabam sair da concessionária. Medo que não se justifica, argumenta o sócio-diretor da Safe, Sérgio Bruno Alves. O empresário explica que o processo de instalação de revestimentos que reforçam a carroceria contra disparos de armas de fogo não afeta a qualidade do acabamento interno. A blindagem consiste na instalação de painéis de manta de fibra de aramida e revestimento em aço, com a substituição dos vidros originais por compostos curvos laminados balísticos com policarbonato. Entre os equipamentos inclusos estão cinta de proteção de roda, sirene e comunicador de duas vias e redimensionamento da suspensão traseira. “O acabamento do carro fica perfeito. Isso é um medo que os mineiros tem. Ao blindar, não vai estragar nem acrescentar 700kg no peso do carro, como nos primeiros blindados dos anos 1990. Atualmente a blindagem não representa mais que 200kg ao veículo, o que é equivalente a três pessoas a bordo”, aponta.

blindadoras

Entre os modelos mais blindados pela Safe estão os SUVs, que proporcionam sensação de segurança pelas maiores altura em relação ao solo e posição de dirigir. A lista inclui Audi Q3, Honda HR-V, Hyundai Santafé, Land Rover Discovery Sport e Mercedes-Benz GLA, além do sedã Mercedes-Benz Classe C. “Tivemos uma receptividade muito boa das concessionárias e do cliente final. A expectativa é de que em breve façamos 10 carros blindados ao mês”, acrescenta Alves. O custo para se blindar um automóvel varia de R$ 50 mil a R$ 80 mil em média, dependendo do porte do modelo, o nível de proteção (escala de 1 a 3) e os opcionais escolhidos. A execução do serviço é rápida: em até 15 dias, após a encomenda dos vidros. Crescimento

Antes de inaugurar a Endure, Cristiano Silésio trabalhava na área de Tecnologia da Informação. A ideia de investir numa blindadora surgiu depois que o empresário comprou um carro blindado para a esposa, que estava grávida, e percebeu que havia perspectiva de crescimento neste tipo de mercado. “Além da pessoa física, existe uma grande demanda de locadoras de veículos que fornecem automóveis blindados para grandes empresas como instituições financeiras”, cita. Para supervisionar o negócio, Silésio trouxe de São Paulo o diretor industrial Celso Oliveira, que acumula experiência de 19 anos em diferentes empresas no ramo.

A exemplo da Safe, a Endure foca na montagem de blindados 3A, nível intermediário capaz de suportar disparos de armas potentes como as de calibre 9mm e Magnum 44, e representa quase 90% do mercado. Além dele, existem outros quatro níveis: 1, 2A, 2 e 3, que variam de acordo com o grau de resistência à armas de fogo. “A diferença de preço e peso para a blindagem mais simples (nível 1, anti pistolas calibre 22 e 38), é de apenas 10%”, justifica Silésio. O primeiro modelo blindado pela Endure foi um Range Rover Sport. Mas na linha de produção também há unidades dos Volkswagen Golf e Golf Variant.

Blindadoras clientes Protecta

Endure Blindagens, Av. Canadá, 73, quadra 175, Jardim Canadá, Nova Lima - Tel.: (31) 3097-3000